Cultura para desenvolver o raciocínio

JK - minissérie (nac. b)

Meu nome não é Johnny (nac. j)

O Jardineiro Fiel (int. i)

NACIONAL


a) Agosto (minissérie - Globo Vídeo): conta a vida de Getúlio Vargas, ex-presidente do Brasil, misturando ficção e realidade. É uma das formas de conhecer as bases da mentalidade política brasileira.


b) JK (minissérie - Globo Vídeo) : conta a vida de Juscelino Kubitscheck do Oliveira, ex-presidente do Brasil. Fundamental para conhecer a mentalidade desenvolvimentista do ex- presidente e uma época bastante complexa da vida brasileira.


c) Nós que aqui estamos por vós esperamos (1988) . Filme documentário de Marcelo Masagão. Leitura cinematográfica da obra Era dos Extremos, de Eric Hobsbawm. Traça um painel dos mais importantes fatos do século XX.


d) O ano em que meus pais saíram de férias (2006). Direção de Cao Hambúrguer. Com Michel Joelsas, Paulo Autran, Simone Spaladore. Retoma o tema da ditadura militar brasileira.


e) Nunca fomos tão felizes (1984). Direção de Murilo Sales, com Cláudio Marzo. A ditadura vista pelo seu anglo mais desumano: a capacidade de ceifar vidas e destruir famílias.


f) Eles não usam Black-tie (1981). Direção de Leon Hirzman, baseando-se na peça de Gianfrancesco Guarnieri. Com Fernanda Montenegro e Gianfrancesco Guarnieri, discute a luta de classes no Brasil.


g) Pixote, a lei do mais fraco (1981). Direção de Hector Babenco. Discussão sobre a marginalidade social e seus efeitos sobre os jovens.


h) Cidade de Deus (2002). Direção de Fernando Meirelles. Com Matheus Nachtergaele. Discute o nascimento de uma das favelas mais violentas do Rio de Janeiro. A trajetória de dois amigos, Zé Pequeno e Bené, e suas visões de mundo contrárias.


i) Tropa de Elite (2007). Direção de José Padilha, com Wagner Moura e Caio Junqueira. A trajetória do Capitão Nascimento se confunde com a do BOPE, tropa de elite da polícia, que combate o tráfico de drogas nas favelas cariocas.


j)  Meu nome não é Johnny (2008). Direção de Mauro Lima. Com Selton Mello que faz o papel de João Guilherme Estrella, traficante de drogas; mostra como o sistema carcerário no Brasil leva um homem ao limite da desumanidade.

 

INTERNACIONAL



a) Gattaca (1997). Com Ethan Hauke e Uma Turman. Direção de Andrew Niccol. Ficção científica que já discute a discriminação genética.


b) 1984 (1984). Dirigido por Michael Radford. Com: John Hurt, Richard Burton. Inspirado no clássico de George Orwell, escrito em 1948, denuncia os regimes totalitários e a destruição da individualidade.


c) Blade Runner - o caçador de andróides (1982). Dirigido por Ridley Scott. Com Harrison Ford e Rutger Hauer. É considerado um dos dez filmes mais importantes de todos os tempos. Trata de um futuro caótico e a criação de andróides, conhecidos também como replicantes.


d) Malcolm X (1992). Dirigido por Spike Lee. Com Denzel Washington. Discute a trajetória de um dos mais importantes líderes negros dos EUA.


e)  Novecento (1977). Dirigido por Bernardo Bertolucci. Com Robert de Niro, Gérard Depardieu. Discute as lutas dos trabalhadores durante os primeiros 20 anos do século XX, as origens e o desenvolvimento do fascismo. Cheio de idas e vindas, o cineasta constrói uma verdadeira obra-prima.


f) Na época do Ragtime (1981) Dirigido por Mios Forman. Com Elizabeth McGovern, Robert Joy. Traça um retrato contundente do início do século XX.


g) Johnny vai à guerra (1971). Dirigido por Dalton Trumbo. Com Timothy Bottoms, Diane Varsi. É um monumento erigido contra todas as guerras.


h)  Apocalipse Now (1979). Dirigido por Francis Ford Coppola. Com Marlon Brando, Robert Duvall. Revela de uma forma hiper-realista a guerra do Vietnã.


i)  O jardineiro Fiel (2005). Dirigido por Fernando Meirelles. Com Ralph Fiennes e Rachel Weiz. Baseado na obra de John Le Carré, denuncia o que a indústria farmacêutica foi capaz de produzir de absurdos na África.


j) Hotel Ruanda (2004). Dirigido por Terry George. Com Don Cheadle, Desmond Dube. O filme denuncia o que as grandes potências imperialistas fizeram na África com a população.

 

CENTRO CULTURAL CONTEXTO

Rua Antônio de Godoy, 4858
Nova Redentora​
CEP: 15090-250
São José do Rio Preto - SP​

(17) 3229-3123